sábado, 30 de julho de 2016

XI Domingo depois de Pentecostes

PRÓPRIO DA MISSA
II classe, verde

“Bene ómnia fecit”

INTRÓITO
(Sl 67,6-7.36.2)
DEUS in loco sancto suo: Deus qui inhabitáre facit unánimes in domo: ipse dabit virtútem, et fortitúdinem plebi suæ. Ps. Exsúrgat Deus et dissipéntur inimíci ejus: et fúgiant, qui odérunt eum, a fácie ejus. Glória Patri. Deus  in loco.
DEUS em sua santa habitação: Deus que faz todos habitarem na Sua casa, Ele mesmo dá virtude e força ao Seu povo. Sl. Deus se levanta e seus inimigos desaparecem: e fujam de Sua face os que o odeiam. Glória ao Pai. Deus em sua santa.

COLETA
OMNÍPOTENS, sempitérnæ Deus, qui abundántia pietátis tuæ, et merita súpplicum excédis et vota: effúnde super nos misericórdiam tuam: et dimíttas quæ consciéntia métuit, ut adjícias quod orátio non præsúmit. Per Dóminum.
ONIPOTENTE e eterno Deus, cuja infinita bondade excede os méritos e os desejos dos que Vos suplicam: derramai sobre nós a Vossa misericórdia e, perdoando o que nossa consciência teme, concedei-nos o que não ousamos Vos pedir. Por Nosso Senhor.

EPÍSTOLA
(1 Cor. 15,1-10)
Lectio Epistolæ beati Pauli Apostoli ad Corinthios.
FRATRES: Notum vobis fácio Evangélium quod prædicávi vobis, quod et accepístis, in quo et statis, per quod et salvámini: qua ratióne prædicáverim vobis, si tenétis, nisi si frustra credidístis. Trádidi enim vobis in primis, quod et accépi: quóniam Christus mórtuus est pro peccátis nostris secúndum Scriptúras: et quia sepúltus est, et quia resurréxit tértia die secúndum Scriptúras: et quia visus est Cephæ, et post hoc úndecim. Deínde visus est plus quam quingéntis frátribus simul, ex quibus multi manent usque adhuc, quidam autem dormiérunt. Deínde visus est Jacóbo, deínde apóstolis ómnibus: novíssime autem ómnium tamquam abortívo, visus est et mihi. Ego enim sum mínimus Apostolórum, qui non sum dignus vocári Apóstolus, quóniam persecútus sum Ecclésiam Dei. Grátia autem Dei sum id quod sum, et grátia ejus in me vácua non fuit.
Leitura da Epístola de São Paulo Apóstolo aos Coríntios.
IRMÃOS, quero lembrar-vos o Evangelho que vos anunciei e que recebestes, e no qual estais firmes.  Por ele sois salvos, se o estais guardando tal qual ele vos foi anunciado. A menos que tenhais abraçado a fé em vão... De fato, eu vos transmiti, antes de tudo, o que eu mesmo tinha recebido, a saber: que Cristo morreu pelos nossos pecados, segundo as Escrituras, foi sepultado e, ao terceiro dia, foi ressuscitado, segundo as Escrituras; e apareceu a Cefas e, depois aos Doze. Mais tarde, apareceu a mais de quinhentos irmãos de uma vez. Destes, a maioria ainda vive e alguns já morreram.   Depois, apareceu a Tiago depois, a todos os apóstolos; por último, apareceu também a mim, que sou como um aborto. Pois eu sou o menor dos apóstolos, nem mereço o nome de apóstolo, pois eu persegui a Igreja de Deus. É pela graça de Deus que sou o que sou. E a graça que ele reservou para mim não foi estéril; a prova é que tenho trabalhado mais que todos eles, não propriamente eu, mas a graça de Deus comigo.

GRADUAL
(Sl 27,7.1)
IN Deo sperávit cor meum, et adjútus sum: et reflóruit caro mea, et ex voluntáte mea confitébor illi. V. Ad te, Dómine, clamávi, Deus meus, ne síleas, ne discédas a me.
MEU coração esperou em Deus, e fui socorrido: e minha carne refloresceu, e Vos louvarei com todo meu coração. V. A Vós, Senhor, eu clamo: meu Deus, não Vos faça de surdo, nem Vos afasteis de mim.

ALELUIA
(Sl 80,2-3)
ALLELÚJA, allelúja.
V. Exultáte Deo adjutóri nostro, jubiláte Deo Jacob: súmite psalmum jucúndum cum cíthara. Allelúja.
ALELUIA, aleluia.
V. Louvai a Deus, nosso auxílio, celebrai ao Deus de Jacó: cantai salmos a Ele com a harpa e a cítara. Aleluia.

EVANGELHO
(Marc. 7,31-37)
+ Sequéntia sancti Evangélii secúndum Marcum.
IN illo tempore: Exiens Jesus de fínibus Tyri, venit per Sidónem ad mare Galilǽæ, inter medios fines Decapóleos. Et addúcunt ei surdum et mutum, et deprecabántur eum, ut inpónat illi manum. Et apprehéndens eum de turba seórsum, misit dígitos suos in aurículas ejus: et éxpuens, tetígit linguam ejus: et suspíciens in cælum, ingémuit, et ait illi: «Ephphetha,» quod est, «adaperíre.» Et statim apértæ sunt aures ejus, et solútum est vínculum linguæ ejus, et loquebátur recte. Et præcépit illis, ne cui dícerent. Quanto autem eis præcipiébat, tanto magis plus prædicábant: et eo ámplius admirabántur, dicéntes: «Bene ómnia fecit, et surdos facit audíre, et mutos loqui.»
+ Continuação do Santo Evangelho segundo São Lucas.
NAQUELE tempo, Jesus deixou de novo a região de Tiro, passou por Sidônia e continuou até o mar da Galiléia, atravessando a região da Decápole. Trouxeram-lhe, então, um homem que era surdo e mal podia falar, e pediram que impusesse as mãos sobre ele. Levando-o à parte, longe da multidão, Jesus pôs os dedos nos seus ouvidos, cuspiu, e com a saliva tocou-lhe a língua. Olhando para o céu, suspirou e disse: “Efatá!” (que quer dizer: “Abre-te”). Imediatamente, os ouvidos do homem se abriram, sua língua soltou-se e ele começou a falar corretamente. Jesus recomendou, com insistência, que não contassem o ocorrido para ninguém. Contudo, quanto mais ele insistia, mais eles o anunciavam. Cheios de grande admiração, diziam: “Tudo ele tem feito bem. Faz os surdos ouvirem e os mudos falarem”.
Credo.
OFERTÓRIO
(Sl 29,2-3)
EXALTÁBO te, Dómine, quóniam suscepísti me, nec delectásti inimícos meos super me: Dómine, clamávi ad te, et sanásti me.
SENHOR, Vos exaltarei porque me livrastes e não deixastes rir de mim meus inimigos: Senhor, clamei por Vós e me salvastes!

SECRETA
RÉSPICE, Dómine, quǽsumus, nostram propítius servitútem: ut, quod offérimus, sit tibi munus accéptum, et sit nostræ fragilitátis subsídium. Per Dóminum.
SENHOR, Vos suplicamos, olhai propício para o sacrifício que nós, Vossos servos, Vos oferecemos, para que Vos seja agradável e sustento para a nossa fragilidade. Por Nosso Senhor.
Prefatio de Ssma Trinitate

COMUNHÃO
(Prov 3,9-10)
HONÓRA Dóminum de tua substántia, et de primítiis frugum tuárum: et implebúntur hórrea tua saturitáte, et vino torculária redundábunt.
HONRA ao Senhor com todo teu ser e com as primícias de teus frutos; e se encherão teus celeiros de grãos e teus lagares transbordarão de vinho.

PÓSCOMUNHÃO

SENTIÁMUS, quǽsumus, Dómine, tui perceptióne sacraménti, subsídium mentis et córporis: ut in utróque salváti, cæléstis remédii plenitúdine gloriémur. Per Dóminum.
FAZEI, Senhor, Vos rogamos, que experimentemos na alma e no corpo a força de Vosso sacramento, para que, ambos salvos, nos gloriemos com a plenitude do remédio celestial. Por Nosso Senhor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário