terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Calendário Litúrgico


MÊS DE JANEIRO










EXPLICAÇÃO DOS SINAIS



+ = Dia de Preceito.

R0 = Proíbe-se celebrar Missa de Réquiem.

R1 (R2, R3, R4) = Permite-se celebrar Missa de Réquiem de I (II, III ou IV) classe.

V0 = Proíbe-se celebrar Missa Votiva.
V1 (V2, V3, V4) = Permite-se celebrar Missa Votiva de I (II, III ou IV) classe



Tempo da Natividade

O Tempo da Natividade decorre desde as I Vésperas do Natal até o dia 13 de janeiro inclusive. Porém, este espaço de tempo compreende:
a) o Tempo do Natal, que decorre desde as I Vésperas do Natal até Nona do dia 5 de janeiro inclusive;
b) e o Tempo da Epifania, que decorre desde as I Vésperas da Epifania até o dia 13 de janeiro inclusive (Rubricas Gerais, n. 72).

TEMPO DO NATAL
1. Diz-se o Glória mesmo nas Missas feriais, até o dia 13 de janeiro.
2. As Missas de Requiem Cotidianas de IV classe são proibidas.
3. O Prefácio das Missas do Tempo do Natal, mesmo para a Missa que fora deste Tempo teriam um próprio, é o do Natal (de 25 de dezembro a 5 de janeiro). Do dia 6 de janeiro ao dia 13 se diz sempre o Prefácio da Epifania.
4. A Oitava do Natal é de II classe e o oitavo dia (1º de janeiro) é de I classe. A Oitava tem algumas peculiaridades:
a) a Missa do Domingo é dita no Domingo, mas é omitida no dia 1º de janeiro;
b) durante a semana nos dias 26, 27 e 28 de dezembro, se diz a Missa da festa com comemoração da Oitava, que é privilegiada;
c) omite-se a comemoração nas festas particulares do Senhor de I classe, e no Domingo.
5. A partir de 1º de janeiro se diz, como Missa da Féria, a Missa da Oitava do Natal:
a) depois do dia 6 (dia da Epifania);
b) depois do Domingo da Sagrada Família até a Missa do Domingo seguinte, do I Domingo depois da Epifania.
6. O I Domingo depois da Epifania abrange a festa da Sagrada Família e a Solenidade da Epifania.
7. Na Igreja Universal não se diz a Missa do I Domingo depois da Epifania durante a semana.

DIA
CALENDÁRIO
01
+DOMINGO
R0-V0
Oitava da Natividade do Senhor, I classe, branco.
- Ofício: festivo próprio para todas as Horas.
- Missa: própria, Glória, Prefácio e Communicantes da Natividade.
02
Segunda-feira
R1-V2
Santíssimo Nome de Jesus, II classe, branco.
- Ofício: festivo próprio para Matinas, Laudes e Vésperas. Demais Horas Ofício ordinário (antífonas e salmos da Féria, o restante no próprio). Prima: salmo 117.
- Missa: própria, com Glória, Prefácio da Natividade.
03
Terça-feira
R3-V4
Féria depois da Oitava da Natividade, IV classe, branco.
- Ofício: Matinas o Invitatório e o hino como no fia 1º de janeiro; Leituras da Epístola ao Romanos; com Te Deum. Laudes, Horas Menores e Vésperas, a partir do Capítulo, como no dia 1º de janeiro. Prima: Regi, V. Qui natus.
- Missa: própria como no dia 1º de janeiro, com Glória, sem Credo, Prefácio da Natividade, Communicantes comum.
04
Quarta-feira
R3-V4
Féria depois da Oitava da Natividade, IV classe, branco.
- Ofício: Matinas o Invitatório e o hino como no fia 1º de janeiro; Leituras da Epístola ao Romanos; com Te Deum. Laudes, Horas Menores e Vésperas, a partir do Capítulo, como no dia 1º de janeiro. Prima: Regi, V. Qui natus.
- Missa: própria como no dia 1º de janeiro, com Glória, sem Credo, Prefácio da Natividade, Communicantes comum.
05
Quinta-feira
R3-V4
Féria depois da Oitava da Natividade, IV classe, branco.
- Ofício: Matinas o Invitatório e o hino como no fia 1º de janeiro; Leituras da Epístola ao Romanos; com Te Deum. Laudes, Horas Menores e Vésperas, a partir do Capítulo, como no dia 1º de janeiro. Prima: Regi, V. Qui natus. Em Laudes: comemoração de São Telésforo, Papa e Mártir.
- Missa: própria como no dia 1º de janeiro, com Glória, sem Credo, Prefácio da Natividade, Communicantes comum. Comemoração de São Telésforo.
- I Vésperas da Epifania, I classe, branco. Completas de Domingo.

TEMPO DA EPIFANIA
O Tempo da Epifania começa com a Festa do dia 06 de janeiro, desde as I Vésperas da Epifania até o dia 13 de janeiro inclusive (Rubricas Gerais, n. 72).
1. Até o dia 13 de janeiro, inclusive:
a) Ad Prima: V. Qui apparuisti, Leitura breve Omnes de Saba;
b) Ad mensam: Bênção Reges Tharsis; Gratiarum actio Omnes de Saba.
2. Nos sábados, nos quais ocorre um Ofício da féria de IV classe, celebra-se Santa Maria “no sábado” (Regras Gerais, n. 78).
3. O Ofício de Santa Maria “no sábado” começa com as Matinas e termina depois da Nona (Regras Gerais, n. 79).

DIA
CALENDÁRIO
05
Quinta-feira
R0-V0
- I Vésperas da Epifania, I classe, branco. Completas de Domingo.

06
Sexta-feira
R0-V0
EPIFANIA DO SENHOR, I classe, branco.
1ª sexta-feira do mês
- Ofício: festivo em todas as Horas. Matinas 3 noturnos. Laudes e Horas salmos de Domingo. Em Laudes Antífona para Benedictus Hodie, com oração Deus qui hodierna die. II Vésperas próprias, Completas de Domingo.
- Missa: Própria, Glória, Credo, Prefácio e Communicantes próprios.
07
Sábado
R3-V4
Santa Maria no Sábado, IV classe, branco.
1º sábado do mês
- Ofício: de Santa Maria in sabbato; Matinas 3ª Leitura De via (mês de janeiro).
- Missa: Vultum tuum (II), do Natal à Purificação, com Glória, Prefácio de Nossa Senhora (Et Te in veneratione). Ou Missa do Imaculado Coração de Maria.
- I Vésperas (próprias) da Sagrada Família de Jesus, Maria e José, II classe, branco.

08
+ DOMINGO
R1-V2
Sagrada Família de Jesus, Maria e José, II classe, branco.
- Ofício: festivo próprio em Matinas (3 noturnos), Laudes e Vésperas. Horas menores, antífonas e salmos de Domingo.
- Missa: própria com Glória, Credo, Prefácio da Epifania. Não se faz comemoração do Domingo (omite-se o I Domingo depois da Epifania). Ou Solenidade externa da Epifania: como no dia 06.
09
Segunda-feira
R3-V4
Féria depois do I Domingo depois da Epifania, IV classe, branco.
- Ofício: ferial. Matinas: Invitatório e Hino como na Epifania, com Te Deum. Escritura da I semana depois da Epifania.
- Missa: do I Domingo depois da Epifania, com Glória, sem Credo, Prefácio da Epifania, Communicantes comum.
10
Terça-feira
R3-V4
Féria depois do I Domingo depois da Epifania, IV classe, branco.
- Ofício: ferial. Matinas: Invitatório e Hino como na Epifania, com Te Deum. Escritura da I semana depois da Epifania.
- Missa: do I Domingo depois da Epifania, com Glória, sem Credo, Prefácio da Epifania, Communicantes comum.
11
Quarta-feira
R3-V4
Féria depois do I Domingo depois da Epifania, IV classe, branco.
- Ofício: ferial. Matinas: Invitatório e Hino como na Epifania, com Te Deum. Escritura da I semana depois da Epifania.
- Missa: do I Domingo depois da Epifania, com Glória, sem Credo, Prefácio da Epifania, Communicantes comum.
12
Quinta-feira
R3-V4
Féria depois do I Domingo depois da Epifania, IV classe, branco.
- Ofício: ferial. Matinas: Invitatório e Hino como na Epifania, com Te Deum. Escritura da I semana depois da Epifania.
- Missa: do I Domingo depois da Epifania, com comemoração de Santo Higino, com Glória, sem Credo, Prefácio da Epifania, Communicantes comum. Ou Missa de Santo Higino, Papa e Mártir, IV classe, vermelho (Si diligis me).
13
Sexta-feira
R2-V2
Comemoração do Batismo de Nosso Senhor Jesus Cristo, II classe, branco.
- Ofício: festivo em Matinas, Laudes e Vésperas. Demais Horas Ofício ordinário.
- Missa: da Epifania com Coleta, Evangelho, Secreta e Poscommunio próprias. Prefácio da Epifania, communicantes comum.


Tempo Per Annum
(Durante o ano depois da Epifania)

“O Tempo ‘Per annum’ decorre desde o dia 14 de janeiro até Nona do sábado antes do Domingo da Septuagésima, e desde as I Vésperas da festa da Santíssima Trindade, isto é, do I Domingo depois de Pentecostes, até Nona do sábado antes do I Domingo do Advento inclusive” (Rubricas Gerais, n. 77).
1. Essa primeira parte do Tempo Per Annum termina com o início da Septuagésima, ou seja, entre 18 de janeiro a 22 de fevereiro, dependendo do dia em que cairá a Páscoa.
2. As Missas do 3º ao 6º Domingo depois da Epifania tem as mesmas partes cantadas.
3. Chamam-se “Domingos depois da Epifania transferidos” os que se intercalam entre o 23º e o 24º Domingo depois de Pentecostes.
4. Em todos os Ofícios de Prima se diz a Leitura breve Dominus autem dirigat.

DIA
CALENDÁRIO
14
Sábado
R3-V3
Santo Hilário, Bispo, Confessor, Doutor da Igreja, III classe, branco.
- Ofício: ordinário, Matinas com único noturno. Em Laudes: comemoração de São Félix, Presbítero e Mártir. Escritura da I semana depois da Epifania.
- Missa: “In médio”, com Glória, sem Credo, Prefácio Comum. Nas Missas Rezadas comemoração de São Félix.
- I Vésperas do II Domingo depois da Epifania, II classe, branco.

15
+ DOMINGO
R1-V2
II DOMINGO DEPOIS DA EPIFANIA, II classe, verde.
- Ofício: dominical, como no saltério e no próprio. Matinas com único noturno e Te Deum.
- Missa: própria, com Glória e Credo, Prefácio da Santíssima Trindade.
16
Segunda-feira
R3-V3
São Marcelo, Papa e Mártir, III classe, vermelho.
- Ofício: ordinário, Matinas com único noturno. Escritura da II semana depois da Epifania.
- Missa: “Si diligis me”, com Glória, sem Credo, Prefácio Comum. Nas Missas Rezadas comemoração de São Félix.
17
Terça-feira
R3-V3
Santo Antão, Abade, III classe, branco.
- Ofício: ordinário, Matinas com único noturno. Escritura da II semana depois da Epifania.
- Missa: “Os justi”, com Glória, sem Credo, Prefácio Comum.
18
Quarta-feira
R4-V4
Féria do II Domingo depois da Epifania, IV classe, verde.
- Ofício: ordinário, Matinas com único noturno. Em Laudes: comemoração de Santa Prisca, Virgem e Mártir. Escritura da II semana depois da Epifania.
- Missa: do II Domingo depois da Epifania, sem Glória e sem Credo, Prefácio Comum, verde. Nas Missas Rezadas comemoração de Santa Prisca. Ou Missa de Santa Prisca: Me exspectaverunt com orações próprias, IV classe, vermelho.
19
Quinta-feira
R4-V4
Féria do II Domingo depois da Epifania, IV classe, branco.
- Ofício: ordinário, Matinas com único noturno. Em Laudes: comemoração de São Mário e seus Companheiros, Mártires. Escritura da II semana depois da Epifania.
- Missa: do II Domingo depois da Epifania, sem Glória e sem Credo, Prefácio Comum, verde. Nas Missas Rezadas comemoração de São Mário e seus Companheiros, Mártires. Ou a Missa própria de São Mário e seus Companheiros, Mártires, IV classe, vermelho.
20
Sexta-feira
R3-V3
São Fabiano e São Sebastião, Mártires, III classe, vermelho.
- Ofício: ordinário, Matinas com único noturno. Escritura da II semana depois da Epifania.
- Missa: própria, com Glória, sem Credo, Prefácio Comum.
21
Sábado
R3-V3
Santa Inês, Virgem e Mártir, III classe, vermelho.
- Ofício: ordinário, Matinas com único noturno. Escritura da II semana depois da Epifania.
- Missa: própria, com Glória, sem Credo, Prefácio Comum.
- I Vésperas do III Domingo depois da Epifania, II classe, branco.

22
+ DOMINGO
R1-V2
III DOMINGO DEPOIS DA EPIFANIA, II classe, verde.
- Ofício: ordinário, Matinas com único noturno. Escritura da III semana depois da Epifania.
- Missa: própria, com Glória e Credo, Prefácio da Santíssima Trindade.
23
Segunda-feira
R3-V3
São Raimundo de Peñafort, Confessor, III classe, verde.
- Ofício: ordinário, Matinas com único noturno. Escritura da III semana depois da Epifania. Laudes: Comemoração de Santa Emericiana, Virgem e Mártir.
Missa: Os Iusti, com Glória, oração própria com comemoração de Santa Emericiana. Prefácio Comum.
24
Terça-feira
R3-V3
São Timóteo, Bispo e Mártir, III classe, vermelho.
- Ofício: ordinário, Matinas com único noturno. Escritura da III semana depois da Epifania.
- Missa: Statuit com Epístola própria e Glória. Prefácio Comum.
25
Quarta-feira
R3-V3
Conversão de São Paulo Apóstolo, III classe, branco.
- Ofício: festivo em Matinas, Laudes e Vésperas. Com comemoração de São Pedro Apóstolo em Laudes, sob única conclusão. Demais Horas: Ofício ordinário.
- Missa: própria, com Glória, comemoração de São Pedro Apóstolo sob única conclusão. Prefácio Comum.
26
Quinta-feira
R3-V3
São Policarpo, Bispo e Mártir, III classe, vermelho.
- Ofício: ordinário, Matinas com único noturno. Escritura da III semana depois da Epifania.
- Missa: própria, com Glória. Prefácio Comum.
27
Sexta-feira
R3-V3
São João Crisóstomo, Bispo, Confessor, Doutor da Igreja, III classe, branco.
- Ofício: ordinário. Escritura da III semana depois da Epifania. Vésperas festiva, antífona O Doctor. Completas da féria.
- Missa: própria, com Glória. Prefácio Comum.
28
Sábado
R3-V3
São Pedro Nolasco, Confessor, III classe, branco.
- Ofício: ordinário, Matinas com único noturno. Escritura da III semana depois da Epifania. Laudes: comemoração de Santa Inês, Virgem e Mártir.
- Missa: Iustus, com Glória, orações próprias com comemoração de Santa Inês. Prefácio Comum.
- I Vésperas do IV Domingo depois da Epifania, II classe, verde: antífonas e salmos de sábado, com orações próprias. Completas de sábado.

29
+ DOMINGO
R1-V1
IV DOMINGO DEPOIS DA EPIFANIA, II classe, verde.
- Ofício: dominical, Matinas com único noturno. Invitatório e Hinos per annum. Escritura do IV Domingo depois da Epifania.
- Missa: própria, com Glória, Credo, Prefácio da Santíssima Trindade.
30
Segunda-feira
R3-V3
Santa Martinha, Virgem e Mártir, III classe, vermelho.
- Ofício: ordinário, Matinas com único noturno, Hino de Santa Martinha. Escritura da IV semana depois da Epifania. Em Laudes: Hino próprio. Vésperas: Hino Tu Natale solum.
- Missa: Loquebar, com Glória, orações próprias, Prefácio Comum.
31
Terça-feira
R3-V3
São João Bosco, Confessor, III classe, branco.
- Ofício: ordinário, Matinas com único noturno. Escritura da IV semana depois da Epifania.
- Missa: própria, com Glória. Prefácio Comum.

2 comentários:

  1. Respostas
    1. "LOQUEBAR" é a primeira palavra do Intróito da Missa em questão.É assim que as Missas normalmente são identificadas na Forma Extraordinária, pela primeira palavra do Intróito.

      Excluir