quarta-feira, 24 de maio de 2017

Missa da Vigília da Ascensão do Senhor

II classe, paramentos brancos

Esta é uma Vigília diferente, nada de penitência, pois, canta-se o Glória e os paramentos são brancos. A Missa é a mesma do Domingo precedente, apenas com Epístola e Evangelho próprios.

INTRÓITO
(Is 48,20; Sl 65,1-2)
VOCEM jucunditátis annuntiáte, et audiátur allelúja: annuntiáte usque ad extrémum terræ: liberávit Dóminus pópulum suum, allelúja, allelúja. PS. Jubiláte Deo, omnis terra, psalmum dicite nómini ejus: date glóriam laudi ejus. Glória Patri. Vocem jucunditátis.
ENTOAI um cântico de alegria, que se faça ouvir, aleluia, e ressoe até aos confins da terra: O Senhor libertou o seu povo, aleluia, aleluia. SL. Rejubilai diante de Deus com gritos de alegria e cantai um salmo ao seu nome. Ponde a vossa glória em celebrá-lo. Glória ao Pai. Entoai um cântico.

COLETA
DEUS, a quo bona cuncta procédunt, largíre supplícibus tuis: ut cogitémus, te inspiránte, quæ recta sunt; et, te gubernánte, éadem faciámus. Per Dóminum.
Ó DEUS, de quem todo o bem procede, escutai as nossas preces e concedei que por vossa inspiração pensemos o que é reto e, dirigidos por Vós o realizemos. Por Nosso Senhor Jesus Cristo.

EPÍSTOLA
(Ef 4,7-13)
Léctio Epístolæ beáti Pauli Apóstoli ad Ephesios.
I
rmãos: a cada um de nós foi dada a graça conforme a medida do dom de Cristo. Por isso, diz a Escritura: “Subindo às alturas, levou cativo o cativeiro e distribuiu dons aos seres humanos”.          Que significa “subiu”, senão que ele desceu também às profundezas da terra? Aquele que desceu é o mesmo que subiu acima de todos os céus, a fim de encher o universo. A alguns ele concedeu serem apóstolos; a outros, profetas; a outros, evangelistas; a outros, pastores e mestres. Assim, ele capacitou os santos para a obra do ministério, para a edificação do Corpo de Cristo,     até chegarmos, todos juntos, à unidade na fé e no conhecimento do Filho de Deus, ao estado de adultos, à estatura do Cristo em sua plenitude.

ALELUIA
(Jo 16,28)
ALLELÚIA, allelúia. V. Surréxit Christus, et illúxit nobis, quos redémit sánguine suo. V. Exívi a Patre, et veni in mundum, íterum relínquo mundum, et vado ad Patrem Allelúja.
ALELUIA, aleluia. V. Cristo ressuscitou e iluminou os que redimiu com o seu sangue. V. Saí do Pai e vim ao mundo; agora deixo o mundo e volto para o Pai. Aleluia.

EVANGELHO
(Jo 16, 23-30)
Sequéntia sancti Evangélii secúndum Joánnem.
N
aquele tempo, elevando os olhos ao céu, Jesus disse: “Pai, chegou a hora. Glorifica teu filho, para que teu filho te glorifique, assim como deste a ele poder sobre todos, a fim de que dê vida eterna a todos os que lhe deste. (Esta é a vida eterna: que conheçam a ti, o Deus único e verdadeiro, e a Jesus Cristo, aquele que enviaste.) Eu te glorifiquei na terra, realizando a obra que me deste para fazer. E agora Pai, glorifica-me junto de ti mesmo, com a glória que eu tinha, junto de ti, antes que o mundo existisse. Manifestei o teu nome aos homens que, do mundo, me deste. Eles eram teus e tu os deste a mim; e eles guardaram a tua palavra. Agora, eles sabem que tudo quanto me deste vem de ti, porque eu lhes dei as palavras que tu me deste, e eles as acolheram; e reconheceram verdadeiramente que eu saí de junto de ti e creram que tu me enviaste. Eu rogo por eles. Não te rogo pelo mundo, mas por aqueles que me deste, porque são teus. Tudo o que é meu é teu, e tudo o que é teu é meu. E eu sou glorificado neles.        Eu já não estou no mundo; mas eles estão no mundo, enquanto eu vou para junto de ti. Pai Santo, guarda-os em teu nome, o nome que me deste, para que eles sejam um, como nós somos um.                                                                                                                                                             
Credo

OFERTÓRIO
(Sl 65, 8-9.20)
BENEDÍCITE, gentes, Dóminum Deum nostrum, et obaudíte vocem laudis ejus: qui pósuit ánimam meam ad vitam, et non dedit commovéri pedes meos: benedíctus Dóminus, qui non amóvit deprecatiónem meam, et misericórdiam suam a me. allelúja.
BENDIZEI, ó povos, o nosso Deus, e ouvi a voz do seu louvor. É ele que sustenta na vida a minha alma e que não permite que os meus pés vacilem. Bendito seja o Senhor que não rejeitou a minha súplica, nem me privou da sua misericórdia, aleluia.

SECRETA
SÚCIPE, Dómine, fidélium preces cum oblatiónibus hostiárum: ut per hæc piæ devotiónis offícia, ad cæléstem glóriam transeámus. Per Dóminum.
RECEBEI, Senhor, as preces e as oblações dos vossos fiéis e fazei que, por meio deste ofício de piedade, alcancemos a glória celeste. Por Nosso Senhor Jesus Cristo.

PREFÁCIO DA PÁSCOA
V. Dominus vobiscum.
R. Et cum spíritu tuo.
V. Sursum corda.
R. Habémus ad Dóminum.
V. Gratias agamus Domino Deo nostro.
R. Dignum et justum est.
V. O Senhor seja convosco.
R. E com o vosso espírito.
V. Corações ao alto.
R. Já os temos no Senhor.
V. Demos graças ao Senhor, nosso Deus.
R. É digno e justo.
VERDADEIRAMENTE é digno e justo, e igualmente salutar que Vos louvemos, Senhor, em todo o tempo e lugar, mas principalmente neste tempo, em que Cristo, nossa Páscoa, foi imolado. Porque Ele é o verdadeiro Cordeiro que tirou os pecados do mundo. Por Sua morte destruiu a nossa, e, ressurgindo, restaurou a nossa vida. E por isso, com os Anjos e os Arcanjos, com os Tronos e as Dominações e com toda a milícia do exército celestial, cantamos hinos à Vossa glória, dizendo sem fim:


ANTÍFONA DA COMUNHÃO
(Sl 95, 2)
CANTÁTE Dómino, allelúja: cantáte Dómino, et benedícite nomen ejus: bene nuntiáte de die in diem salutáre ejus, allelúja, allelúja.
CANTAI ao Senhor, aleluia, cantai ao Senhor e bendizei o seu nome; proclamai de dia em dia a sua obra de salvação, aleluia, aleluia.

PÓSCOMUNHÃO
TRÍBUE nobis, Dómine cæléstis mensæ virtúte satiátis: et desideráre quæ recta sunt, et desideráta percípere. Per Dominum.
FAZEI, Senhor, que, saciados com a virtude deste banquete divino, desejemos o que é reto e justo e realizemos o objeto de tão caros desejos. Por Nosso Senhor Jesus Cristo.

Ver, baixar ou imprimir em PDF:

Voltar ao Próprio da Missa 

Nenhum comentário:

Postar um comentário